Personalize a TV Cidade
Primeira pesquisa de intenção de voto aponta Giglio à frente em Osasco PDF Imprimir E-mail

O deputado estadual Celso Giglio, do PSDB, lidera as pesquisas de intenção de voto para a prefeitura de Osasco. É o que revela pesquisa realizada pelo Instituto Sebram. O levantamento envolveu os nomes de 6 pré-candidatos nas eleições de outubro. Além de Celso Giglio (PSDB), fizeram parte da pesquisa o deputado federal João Paulo Cunha (PT), o vereador Osvaldo Vergínio (PSD) e ainda Delbio Teruel (PTB), Reinaldo Motta (PMN) e Alexandre Castilho (PSOL).

Na pesquisa estimulada, com a pergunta: “se a eleição fosse hoje, em qual desses candidatos você votaria para prefeito?”, Giglio lidera com 33,57% da preferência do eleitorado. João Paulo Cunha aparece em segundo lugar, com 26,29%. Já Osvaldo Vergínio é o terceiro com 9,71% das intenções de voto, seguido por Delbio Teruel, com 3,71%; Reinaldo Motta, com 1,86%; e Alexandre Castilho, com 1,00%. Uma parcela de 23,86% dos eleitores não soube informar seu candidato ou não quis opinar.

Na pesquisa espontânea, que envolveu a pergunta “se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito?”, sem indicar o nome dos pré-candidatos, os indecisos são maioria. Uma parcela de 86,71% do eleitorado informou não saber em que vai votar ou preferiu não opinar. Já entre os entrevistados que citaram o nome de seus candidatos, Celso Giglio volta a liderar, com 5,71% das intenções, seguido novamente por João Paulo, com 3,86%. Osvaldo Vergínio teve 1,71% da preferência do eleitorado, enquanto Delbio Teruel ficou com 0,86%. Reinaldo Motta aparece nesse quesito com 0,71% e Alexandre Castilho teve 0,43%.

Em um eventual 2º turno entre Giglio e João Paulo, o tucano novamente lidera, mas com vantagem mais apertada. De acordo com o levantamento, ele tem 41,29% das intenções de voto, contra 41% do petista. Os indecisos, nesse caso são 17,71%.

João Paulo Cunha, por outro lado, lidera quando o quesito em pesquisa é a rejeição, mas também com pequena margem sobre Giglio. Respondendo à pergunta: “em quem você não votaria” para prefeito, também de forma estimulada, com o nome dos candidatos, o petista teve 27% das indicações, enquanto Giglio foi apontado por 26,43% dos entrevistados.

Osvaldo Vergínio aparece nesse quesito com 21% das intenções, enquanto Delbio Teruel tem 6,14%. Reinaldo Motta foi citado por 3,43% dos entrevistados e Alexandre Castilho, por outros 2,14%. Não souberam responder ou não opinaram 13,86% dos entrevistados.

Perfil

A pesquisa, que ouviu 700 pessoas com mais de 16 anos residentes na cidade, tem margem de erro de 4,5% pontos percentuais e um intervalo de confiança de 95%. Os dados foram coletados entre os dias 24 e 28 de abril, em 13 áreas de Osasco, abrangendo os bairros de Santa Fé, Paiva Ramos, Três Montanhas, Industrial Anhanguera, Bonança, Imperial, Portal D´Oeste, Munhoz, Helena Maria, Baronesa, Jardim Elvira, Vila Menk, Mutinga, Jardim Platina, Rochdale, Vila Ayorsa, IAPI, Jardim Piratininga, Km 18, Quitaúna, Jardim das Flores, Bela Vista, Vila Yolanda, Jardim Cipava, Jaguaribe, Vila Pestana, Jardim São Pedro, Jardim Roberto, Padroeira, Santo Antônio Veloso, Jardim Novo Osasco, Jardim Conceição, Santa Maria, Jardim D´Abril, Adalgiza, Umuarama, Parque Bandeiras, Conjunto dos Metalúrgicos, Vila Yara, Presidente Altino e Centro.

Dentre os entrevistados, 52,57% são mulheres e 47,43%, homens. Uma parcela de 24,57% tem entre 21 e 30 anos; 23,57% entre 31 e 40 anos; 22% entre 41 e 50 anos; 14% entre 51 e 65 anos; 9,86% entre 16 e 20 anos e 6% mais de 65 anos. Um total de 47,43% concluiu o 2º Grau; 40,86% têm o 1º Grau completo; 9,14% possuem Ensino Superior e 2,57% declaram-se analfabetos.

Quanto à renda familiar, 46,43% dos entrevistados ganham entre 1 e 3 salários mínimos; 29% tem renda de até 1 salário mínimo; 15,14% recebem entre 3 e 5 salários; 4,71% entre 5 e 7 salários; 3,57% declararam não ter renda e 1,41% ganha acima de 7 salários.

Ainda dentre o universo pesquisado, 55,57% são católicos; 32,86% evangélicos e 11,57% professam outras religiões.

Fonte: webdiario.com.br

 

#Procurar

no TWITTER

Fan-Page no FACEBOOK



Parceiros